>
(92) 3301-6777
sac@citycolor.com.br

Pintura setorizada: como usar a cor para delimitar espaços

Pintura setorizada é quando você pinta apenas uma área delimitada, seja da parede ou do teto, ao invés de pintar o ambiente inteiro. Uma das principais vantagens dessa técnica é conferir efeitos na decoração, como por exemplo dar a impressão de ambiente mais amplo.

Além de conferir amplitude, a pintura setorizada também pode ser uma mão na roda para quem pensa em delimitar espaços nos ambientes sem precisar gastar muito. Afinal, a pintura é um recurso de decoração bastante econômico, sem falar que ao pintar apenas partes do cômodo você também acaba utilizando menos tinta.

Por isso, vamos mostrar aqui alguns estilos de pintura setorizada e destacar as vantagens da utilização de cada uma delas. Confira as inspirações que selecionamos e veja como trazer mais personalidade para os ambientes da sua casa!

3 formas de fazer uma pintura setorizada

1) Caixa ou bloco

O efeito caixa é resultado da pintura do teto ou do chão como uma continuidade da parede, a fim de dar tridimensionalidade ao ambiente. Em termos de pintura setorizada, essa é uma das melhores opções para delimitar espaços.

É uma técnica muito utilizada, por exemplo, em hall de entrada e na delimitação de áreas de trabalho ou estudos. Apartamentos conjugados e com ambientes de múltiplas funções são ótimos espaços para aplicar essa ideia.

Outra dica que complementa a técnica é pintar também os móveis da mesma cor da parede. Se essa for a sua ideia, vale conferir algumas dicas de como pintar móveis de madeira. Para peças de madeira, por exemplo, você vai ver que o conselho básico na hora de pintar é que é preciso investir tanto nos estágios de preparação (lixar e limpar) quanto nas fases de pintura.

2) Meia parede

A meia parede também é considerada como uma técnica de pintura setorizada. Entretanto, embora possa ser utilizada também para delimitar espaços, sua vantagem principal é dar a impressão de amplitude para o cômodo. Isso acontece porque o olhar percorre a linha horizontal e assim consegue visualizar melhor o espaço como um todo.

3) Gráfico ou geométrico

Os elementos gráficos ou geométricos também podem ser utilizados para delimitar espaços e delimitar funções para cada área. Além das linhas e círculos, formas orgânicas, mais soltas, funciona, igualmente bem dentro dessa proposta.

O legal de apostar em formas mais soltas, é que elas não têm um desenho “certo ou errado”. Ou seja, é uma boa forma para se divertir durante o processo e assim não ficar preso a um resultado específico.

Fonte: blog.thony.com.br

Todos os campos sao obrigatórios

Fale Conosco